Ingresso Graduação Espanha

Atualmente na Espanha cada Universidade têm certa autonomia para definir alguns detalhes de seu sistema de ingresso. No entanto, as modalidades de ingresso mais comuns em uma Faculdade espanhola para cursar uma Graduação são três:

  1. Nota média do Ensino Médio (+ prova em alguns casos)
  2. Transferência (com convalidación de ao menos 30 créditos)
  3. Ingresso como titulado (para quem já possui algum curso superior)

FORMAS DE INGRESSO NA GRADUAÇÃO

1. NOTA DO ENSINO MÉDIO

O primeiro passo para ingressar em uma Universidade espanhola com a nota do Ensino Médio é solicitar a homologação do próprio Ensino Médio.  Esse processo é realizado pelo Ministério da Educação espanhol. Depois disso, existem 3 possibilidades.

Ingresso direto

Em cursos menos concorridos, chegam a sobrar vagas! Isso ocorre inclusive em cursos tradicionalmente muito procurados como Fisioterapia ou Economia. Assim, a nota média mínima para ingressa é 5. Basta haver concluído o Ensino Médio e iniciado o processo de homologação e será possível iniciar a Faculdade.

No ato do início do processo de homologação será gerado um documento provisório que permite realizar o processo de admissão na Universidade e cursar todo o primeiro ano enquanto tramita o processo.

Em cursos que exigem conhecimento prévio do aluno (como Música ou Artes Plásticas), será necessário realizar um exame de proficiência prévio, independente da nota do Ensino Médio.

Ingresso com a nota média

Em cursos mais disputados, é necessário concorrer às vagas com a nota média do Ensino Médio. Para isso, é necessário que a homologação esteja concluída. Esse processo dura aproximadamente 10 meses. Quando a homologação concluir, o candidato terá o Ensino Médio válido na Espanha e poderá utilizar a nota média para concorrer à vagas nas Universidades Espanholas.

Ingresso com a nota média + prova

Em cursos muito concorridos (como Medicina e outros), além da nota média também se aplica uma prova de acesso. Para ingressar na Faculdade se faz uma média entre a nota do Ensino Médio (60%) e a nota da prova de acesso (40%).

Detalhes da prova

Como comentamos aqui, nessas provas não entram todas as matérias do colégio como no Brasil. Na Espanha, as provas são relacionadas com a área da carreira escolhida, e se dividem em provas obrigatórias e outras optativas que se podem escolher entre as opções dadas por cada Universidade.

Também existe a possibilidade de prestar a prova em uma Universidade e se matricular em outra. Porém os alunos que fazem a prova na própria Universidade têm preferência, e os outros só entram se sobram vagas.

Outra coisa interessante é que o resultado do prova costuma estar desvinculado da matrícula. Então a pessoa fica com aquela nota a vida toda (podendo voltar a fazer a prova se precisar subir a nota) e pode pedir para fazer a matrícula mesmo depois de vários anos de ter feito a prova.

Outra facilidade é que existem provas diferenciadas (Pruebas Libres de Acceso) para quem tem mais de 25 anos idade, mais de 40 anos de idade com experiência profissional e mais de 45 anos de idade sem necessidade de comprovar experiência. Esse último grupo faz apenas uma prova de língua espanhola e um comentário de texto.

Provas da UNED

No caso dos estrangeiros, existe a possibilidade (as vezes obrigatoriedade) de fazer qualquer dessas provas no Brasil. Sim, isso mesmo. Uma das universidades públicas espanholas (UNED) tem uma unidade em São Paulo, e é possível realizar as provas de acesso ali. Nesse caso, quem tem menos de 25 anos deve solicitar previamente a homologação do seu Ensino Médio. Veja como fazer isso aqui.

Outra possibilidade muito interessante para quem tem mais de 25 anos é fazer o Curso de Acceso a la Universidad, também oferecido pela UNED. Entre outras diferenças, a principal entre o Curso e as Pruebas Libres, é que no Curso você receberá apoio acadêmico específico para a superação das provas através de monitorias presenciais na UNED e cursos virtuais, além de poder tirar suas dúvidas com os professores. Nas provas livres você se prepara sozinho e na data marcada você realiza a sua prova.

Muitas Universidades utilizam o UNED ASSIS para o ingresso de estudantes internacionais.

2. TRANSFERÊNCIA

Para ingressar em uma Universidade espanhola por meio de transferência, o requisito fundamental é que possam ser transferidas e aproveitadas disciplinas que correspondam a pelo menos 1 semestre de estudos, o que equivale a 30 créditos europeus (ECTS).

Em todas as Universidades as disciplinas costumam ser divididas em três grupos, que podem variar de nome, mas sempre representam os seguintes módulos:

  • Disciplinas de Formação Básica (FP)
  • Disciplinas Obrigatórias (OB)
  • Disciplinas Optativas (OP)

As disciplinas de Formação Básica e as optativas são mais fáceis de serem substituídas por outras, já que não constituem o núcleo essencial da carreira universitária em questão. Em realidade, se observamos a grade curricular de diferentes graduações da mesma área, veremos que muitas delas compartilham as mesmas disciplinas de Formação Básica.

Ao não constituir elemento essencial da graduação, as disciplinas básicas são muitas vezes suscetíveis de aproveitamento por outras disciplinas distintas, desde que também sejam de Formação Básica. No caso das optativas, normalmente estão relacionadas com um ramo específico da graduação, funcionando como um aprofundamento em determinada área. Porém ao serem optativas, nada impede que em lugar de que o aprofundamento se realize em outra área não ofertada pela Universidade de destino.

Em resumo,  para a transferência não é necessário que as disciplinas transferidas sejam idênticas se forem de Formação Básica ou Optativas. Contudo, a análise e a última palavra será sempre da Universidade de destino.

Transferência de Universidade

Disciplinas Administração de Empresas na Universidade Complutense de Madrid

Assim, por exemplo, uma pessoa que cursou 1 semestre de Contabilidade no Brasil, provavelmente cursou disciplinas básicas de economia e matemática. Essa pessoa cursou matérias muito parecidas com as da Formação Básica da Administração de Empresas na Espanha. Então será possível solicitar o ingresso por convalidación dessas matérias na Espanha para cursar a Faculdade de Administração de Empresas, ou mesmo outra em área completamente distinta, sempre que a Universidade de destino realize o aproveitamento de ao menos 30 créditos europeus.

A ideia é que esses 30 créditos se correspondam a um semestre letivo, então em teoria o aluno que ingressa por transferência não tirara a vaga dos alunos que entram no primeiro semestre através das provas de acesso. Isso não quer dizer que todas as matérias convalidadas devem ser do primeiro semestre. É apenas uma questão de que quem vem de fora se matricule como aluno do segundo semestre ou posteriores. Seria possível, por exemplo, convalidar 3 anos e meio de disciplinas e cursar apenas o último semestre na Espanha. Tudo depende da análise curricular feita pela Universidade de destino.

Observações

O ingresso por transferência é regulado por cada Universidade e não existe uma obrigação de que todas as Faculdades realizem esse procedimento. A maioria o faz, porém existem exceções como a Faculdade de Medicina da Universidade Complutense de Madrid.

Uma vez que o aluno seja admitido por transferência, com a convalidación de mais de 30 ECTS, não haverá necessidade de cursar as disciplinas aproveitadas. Porém a maioria das Universidades estabelecem o custo de 25% do valor de matrícula para cada crédito convalidado. O créditos não convalidados, isto é, aqueles que o aluno irá cursar serão cobrados normalmente a razão de 100%.

3. TITULADOS SUPERIORES

Existe a obrigação legal de que todas as Universidades reservem de 1 a 3% das vagas disponíveis em todos os cursos universitários para titulados superiores que solicitem cursar uma segunda Faculdade. Essa porcentagem é decidida por cada Comunidade Autônoma, mas é obrigatório garanti-las aos titulados.

O requisito fundamental para ingressar em uma Faculdade como titulado superior é haver realizado a Equivalência do título estrangeiro ou possuir um título superior espanhol.

A seleção é feita exclusivamente pela nota média da titulação que se possui. Nessa modalidade de ingresso não importa se o interessado se formou em algo completamente diferente. O único que importa é que tenha terminado algum curso superior. Então, por exemplo, caso tenha se formado em Enfermagem, pode entrar em Contabilidade sem nenhum problema.

Ingresso Universidade

Nota média titulados superiores

Na tabela acima, vemos a nota média necessária para ingressar como titulado na Universidade Complutense de Madrid. Em muitas Faculdades a disputa é pequena, e chegam a sobrar vagas. Nesses casos, ainda que a média final da carreira fosse a mínima (5 pontos), seria possível ingressar como titulado sem nenhum problema. Em outros casos, a média é mais alta, podendo chegar a 9,7 pontos para Medicina [Nesse caso específico é recomendável solicitar o ingresso em Universidades menos demandadas, fora das grandes capitais].

Para quem se formou no Brasil, o único requisito é solicitar a equivalência do Diploma brasileiro, como comentamos aqui.

Avaliações

Excelente assessoria para obtenção de vistos. Me ajudaram a organizar tudo, dos papéis às melhores orientações durante...                                 

Publicada por Julian Lopes en Martes, 7 de agosto de 2018
5.0
2018-10-29T15:10:05+01:00
Excelente assessoria para obtenção de vistos. Me ajudaram a organizar tudo, dos papéis às melhores orientações durante...                                 Publicada por Julian Lopes en Martes, 7 de agosto de 2018

Excelente assessoria! Acompanharam o meu processo de visto nos pequenos detalhes do início ao fim do processo, e não...

Publicada por Hugo de Matos en Sábado, 13 de octubre de 2018
5.0
2018-10-29T15:11:03+01:00
Excelente assessoria! Acompanharam o meu processo de visto nos pequenos detalhes do início ao fim do processo, e não...Publicada por Hugo de Matos en Sábado, 13 de octubre de 2018

Salvou minha vida!!!Organizou todo o tramite para a homologação do meu currículo e já recebi.Super indico!!!                         

Publicada por Isabela Verardino en Sábado, 10 de febrero de 2018
5.0
2018-10-29T15:42:26+01:00
Salvou minha vida!!!Organizou todo o tramite para a homologação do meu currículo e já recebi.Super indico!!!                         Publicada por Isabela Verardino en Sábado, 10 de febrero de 2018

5.0
2019-05-21T09:34:38+01:00

Fiz meu processo de nacionalidade espanhola com o Victor e a Vanessa, serviço e assessoria superaram todas as...

Publicada por Victor Martin en Domingo, 19 de mayo de 2019
5.0
2019-05-21T09:36:59+01:00
Fiz meu processo de nacionalidade espanhola com o Victor e a Vanessa, serviço e assessoria superaram todas as...Publicada por Victor Martin en Domingo, 19 de mayo de 2019
5
5