Turismo



A modalidade mais comum de entrada na Espanha é como turista, pois os brasileiros são dispensados de pedir visto para entrar no países do Espaço Schengen (que inclui a Espanha). Contudo é necessário cumprir alguns requisitos que relatamos aqui.

De acordo com a regulação atual, os requisitos que podem ser comprovados ao entrar no país são os seguintes:
  • Passaporte em vigor (e que não vença dentro de 180 dias);
  • Comprovante de alojamento (reserva em hotel ou carta convite/carta de invitación);
  • Comprovante de meios econômicos em efetivo ou cartões de crédito (65,52 euros por dia e pessoa, e no mínimo 589,68 euros no total por pessoa);
  • Passagem de volta ao Brasil ou de saída da União Européia (dentro do período de 90 dias).
Esses requisitos podem ser comprovados na página oficial do Ministério de Assuntos Exteriores.


É importante saber que não é mais necessário fazer um seguro médico ou de saúde para entrar nos países do Espaço Schengen. Ainda que muitas agencias de viajem aconselhem contratar um seguro, isso é totalmente opcional e não será exigido na hora de entrar na Espanha como turista. Outra será a situação no caso de pedir um visto de estudos ou de trabalho através do Consulado Espanhol no Brasil. Nesse caso poderá ser necessário contratar um seguro médico. Para turismo, não.

Também é importante saber que se a pessoa esteve nos últimos meses em algum país exposto a epidemias e doenças contagiosas, de acordo com o Regulamento Sanitário Internacional, pode ser exigido um atestado médico que confirme que não padece nenhuma dessas doenças.

O período de permanência como turista é de 90 dias dentro do Espaço Schengen. Ainda que a Lei diga que esse período pode ser prorrogado por outros 90 dias, na prática quem concede a prorrogação (que é a Polícia Nacional) só admite situações muito particulares como casos de doenças graves nos que a viagem de volta pode colocar em risco a vida da pessoa. Não é possível prorrogar a estância como turista se não há uma justificativa muito séria.

Não é possível interromper esse prazo de 90 dias viajando à outro país dentro do Espaço Schengen (indo à Portugal por exemplo). O prazo de 90 dias só fica em suspenso se a pessoa sai do Espaço Schengen, por exemplo viajando ao Marrocos. Porém ao voltar o prazo não recomeça do zero, mas continua de onde parou. A menos que a volta seja depois de 180 dias. Então, por exemplo, se o turista ficou 60 dias na Espanha e passou 10 dias no Marrocos. Quando entrar novamente na Espanha, terá somente mais 30 dias para permanecer legalmente no país. Porém se essa pessoa ficar 180 dias fora do Espaço Schengen, ao voltar o prazo inicia do zero, ou seja, tem direito à permanecer outros 90 dias como turista.

http://www.facebook.com/espanhalegal.info

Ficou com dúvidas? Deixe um comentário ou envie sua consulta que responderemos o mais breve possível.

Turismo Turismo Reviewed by Víctor on 21:08 Rating: 5

2 comentários:

  1. Olá , boa tarde, a carta convite é individual ? Ou podemos fazer uma só carta para a família toda ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim ser feita uma carta só para poder acolher a familia.

      Excluir